Gafieira Miúda

by Gafieira Miúda

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      €10 EUR  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    Gafieira Miúda presents a gafieira orchestra in a small format, adapted to recreate and transport the audience to the universe of these balls. The dance, origin of this whole story, reappears in the musicians costumes as well as in the energy of the dance which leads the public throughout the various dance floors.

    Includes unlimited streaming of Gafieira Miúda via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 2 days

      €10 EUR or more 

     

1.
2.
04:15
3.
02:56
4.
5.
04:33
6.
7.
8.
9.
03:31

about

Ladies and gentlemen. dresses, high-heels, Panama hats, white linen suits, silk shirts, braces and bicoloured shoes composed the gafieira’s typical wardrobe. Gafieira is a place, a behaviour, a costume, a popular ballroon dance, a samba style played by an orchestra. As a dance style, the history of gafieira is in a way mixed with the ballroom dance in Brazil and it is the diffuser of various types of partner dances. As a musical concept, the gafieira orchestras have originated a branch of samba known as “gafieira samba” influenced by Latin and north American music which had been disseminated in Brazil during the post-war.

credits

released April 1, 2016

TRACKS
01. Batendo a Porta (João Nogueira, Paulo César Pinheiro)
02. Vem Depressa (Crá Rosa)
03. Fita Amarela (Noel Rosa)
04. Pé do Meu Samba (Caetano Veloso)
05. Modificado (Padeirinho)
06. Meu Barracão (Noel Rosa)
07. Além de Acordes (Rodrigo Bezerra, Ana Reis)
08. Não Vou Pra Casa (Antônio Almeida, Roberto Roberti)
09. Sou Eu (Ivan Lins, Chico Buarque)

PERSONNEL (GAFIEIRA MIÚDA)
Ana Rossi - vocals
Àlvar Monfort - trumpet & flugelhorn
Alexis Ortega - trombone
Ramiro Pinheiro - guitar
Rodrigo Balduíno - electric bass
Jeffe Otto - drums
Crá Rosa - percussion (all) & vocals (track 02)

SPECIAL GUESTS
Pablo Giménez - flute (tracks 01, 03, 08)
Nêga Lucas - vocals (track 03)
Horacio Fumero - double bass (track 06)
Luiz Rocha - bass clarinet (track 06)
Jurandir Santana - electric guitar (track 07)

PRODUCER - Rodrigo Balduino
ARRANGEMENTS - Rodrigo Balduíno & Àlvar Monfort (Track 06 - Rodrigo Balduíno & Luiz Rocha)
RECORDING & MIXING - Gorka Dresbaj (The Room, Barcelona - May/2013 & Aug/2013)
MASTERING - Marco Rostagno (Hitmakers Mastering, Barcelona - Sept/2013)
ARTWORK - Erica Takenouchi
PICTURES & VIDEOS - Alejandro Antola (Regla 11 Films, Barcelona)
EXECUTIVE PRODUCER - Ramiro Pinheiro

license

all rights reserved

tags

about

Gafieira Miúda El Prat De Llobregat, Barcelona, Spain

Gafieira Miúda presents a gafieira orchestra in a small format, adapted to recreate and transport the audience to the universe of these balls. The dance, origin of this whole story, reappears in the musicians costumes as well as in the energy of the dance which leads the public throughout the various dance floors. ... more

contact / help

Contact Gafieira Miúda

Streaming and
Download help

Track Name: Batendo a Porta
Como é que vai?
Saúde boa?
Não foi à toa que você mudou daqui
Pra melhorar
Mas pode entrar
A casa é sua
E não repare a casa humilde
Que você trocou por um solar
Pode sentar
Fique à vontade
Te deu saudade de um amor
Que infelizmente já não há
Pode falar
Pode sofrer
Pode chorar
Porque agora você não me ganha
Eu conheço essa manha
E não vou me curvar, mas
Pode tentar
Pode me olhar
Pode odiar
Pode até sair batendo a porta
Que a Inês já é morta do lado de cá.
Track Name: Fita Amarela
Quando eu morrer, não quero choro nem vela
Quero uma fita amarela gravada com o nome dela
Se existe alma, se há outra encarnação
Eu queria que a mulata sapateasse no meu caixão

Não quero flores nem coroa com espinho
Só quero choro de flauta, violão e cavaquinho
Estou contente, consolado por saber
Que as morenas tão formosas a terra um dia vai comer.

Não tenho herdeiros, não possuo um só vintém
Eu vivi devendo a todos mas não paguei a ninguém
Meus inimigos que hoje falam mal de mim
Vão dizer que nunca viram uma pessoa tão boa assim.
Track Name: Pé do Meu Samba
Dez na maneira e no tom
Você é o cheiro bom
Da madeira do meu violão
Você é a festa da Penha,
A feira de São Cristovão,
É a Pedra do Sal
Você é a Intrépida Trupe
A Lona de Guadalupe
Você é o Leme e o Pontal

Nunca me deixa na mão
Você é a canção que consigo
Escrever afinal
Você é o Buraco Quente
A Casa da Mãe Joana
É a Vila Isabel,
Você é o Largo do Estácio,
Curva de Copacabana
Tudo que o Rio me deu!

Pé do meu samba
Chão do meu terreiro
Mão do meu carinho
Glória em meu Outeiro
Tudo para o coração
De um brasileiro.
Track Name: Modificado
Vejo o samba tão modificado
Que eu também fui obrigado
A fazer modificação
Espero que vocês não me censurem
O que eu quero é que todos procurem
Ver se eu não tenho razão
Já não se fala mais no sincopado
Desde quando o desafinado
Aqui teve grande aceitação
E até eu também gostei daquilo
Modificando o estilo
Do meu samba tradição
Gosto de um samba ritmado pra sambar
Também gosto de um sincopado pra dançar
Mas agora tudo é diferente
Já não se fala mais naquele samba de ritmo quente
Track Name: Meu Barracão
Faz hoje quase um ano
Que eu não vou visitar
Meu barracão lá da Penha
Que me faz sofrer
E até mesmo chorar
Por lembrar a alegria
Com que eu sentia
Um forte laço de amor
Que nos unia

Não há quem tenha
Mais saudades lá da Penha
Do que eu, juro que não
Não há quem possa
Me fazer perder a bossa
Só saudade do barracão

Mas veio lá da Penha
Hoje uma pessoa
Que trouxe uma notícia
Do meu barracão
Que não foi nada boa
Já cansado de esperar
Saiu do lugar
Eu desconfio que ele
Foi me procurar

Não há quem tenha
Mais saudades lá da Penha
Do que eu, juro que não
Não há quem possa
Me fazer perder a bossa
Só saudade do barracão
Track Name: Não Vou Pra Casa
Só vou pra casa quando o dia clarear
eu sou do samba pois o samba me criou
se por acaso um grande amor eu arranjar
não vou pra casa não vou não vou
não vou pra casa não vou não vou

Eu sou do samba rasgado
do samba bem ritmado
que deixa a gente cansado de batucar
mas se na roda de samba
eu encontrar um amor
aí, então, não vou pra casa não, senhor, não vou, não vou.
Track Name: Sou Eu
Na minha mão
O coração balança
Quando ela se lança
No salão
Pra esse ela bamboleia
Pra aquele ela roda a saia
Com outro ela se desfaz
Da sandália

Porém depois
Que essa mulher espalha
Seu fogo de palha
No salão
Pra quem que ela arrasta a asa
Quem vai lhe apagar a brasa
Quem é que carrega a moça
Pra casa
Sou eu
Só quem sabe dela sou eu
Quem dá o baralho sou eu
Quem manda no samba sou eu

O coração
Na minha mão suspira
Quando ela se atira
No salão
Pra esse ela pisca um olho
Pra aquele ela quebra um galho
Com outro ela quase cai
Na gandaia

Porém depois
Que essa mulher espalha
Seu fogo de palha
No salão
Pra quem que ela arrasta a asa
Quem vai lhe apagar a brasa
Quem é que carrega a moça
Pra casa
Sou eu
Só quem sabe dela sou eu
Quem dá o baralho sou eu
Quem dança com ela sou eu
Quem leva este samba sou eu

If you like Gafieira Miúda, you may also like: